Tag Archive | restaurantes

Meneer Frits – Eindhoven

Mais uma agradável descoberta!

O Meneer Frits é o restaurante/café da casa de Shows de Eindhoven (Muziek Gebouw Eindhoven).

Salão grande, atendimento um tantinho atrapalhado, cardápio interessante e pratos não muito caros. Com sorte você ainda faz sua refeição ao som do piano de cauda que fica no salão, o que foi o nosso caso. 🙂

O Dú comeu o prato do dia que era um frango com risoto e eu comi dois cortes de veado com purê de beterraba e pera cozida no vinho tinto. Ambos os pratos saborosos e muito bem preparados. Minhas carnes estavam divinas. Já a sobremesa ficou a desejar. O tiramisù era bem sem gosto, mas o sorbet de limão estava bem bom.

Serviço:

  • Meneer Frits
  • Jan van Lieshoutstraat 3 – Eindhoven
  • Tel: 040 2655610
  • Jantar para duas pessoas com bebida = €56,00
Anúncios

O que e onde comemos em Barcelona – Parte II

Continuando nossa listinha de restaurantes em que comemos em Barcelona. Aqui você pode conferir a primeira parte da história. 😛

The Tatami Room (Poeta Cabanyes, 19)

Saudosos de uma boa comida japonesa, buscamos referência e caímos no The Tatami Room. Um restaurante super charmoso, moderno mas aconchegante ao mesmo tempo. Cardápio elaborado e atendimento, mesmo que um pouco tumultuado, muito bom.

Tudo o que comemos estava divino.

La Tagliatella (C/ Cap de creus Figueres cant. C/ Canigó) – Figueres

Passamos um dia em Figueres, cidade onde Dalí nasceu, conceitualizou e montou seu museu. Nossa ideia inicial era almoçar no Onix (Carrer de Sant Llàtzer 8), um restaurante super bem avaliado e com um cardápio de causar muita indecisão. 🙂 Mas infelizmente ele estava fechado. Já era tarde e optamos pelo La Tagliatella. Um tradicional Italiano com grande variedade de massas e molhos. Tudo à sua escolha. Estava muito bom. As massas estavam bem frescas e muito leves. Não saímos decepcionados, mas que o Onix ficou na nossa cabeça isso ficou.

La Llesca (Avda. Gaudí, 12)

Se você não prestar atenção você passa batido por esse pequeno e modesto restaurante. Tínhamos visto as avaliações que estavam ótimas e resolvemos almoçar. Para ser bem sincera, só entrei porque tínhamos visto as avaliações, caso contrário eu não teria arriscado, não.

Restaurante simples, pequeno e de atendimento muito bom. Os pratos são DI-VI-NOS e baratos. Quando forem não deixem de pedir o pa amb tomàquet, uma bela fatia de pão tostada acompanhada de alho e tomate. Primeiro você corta o alho ao meio e esfrega na fatia de pão (assim como se faz com bruschetta), depois esfrega com vontade a metade do tomate, uma boa regada de azeite e está pronta uma entrada simples, mas saborosíssima. Se você quiser melhorar ainda mais, é só comer com umas fatias de Jamón Serrano, que é servido em uma porção enorme!

No almoço fomos de costela de cordeiro e medalhão de javali. Muito bons. E finalizamos com uma linda crema catalana. 🙂

O jantar de 31 de Dezembro também foi lá. O restaurante era caminho para onde queríamos ver a virada, que foi frustada, mas muito divertida, barato e muito bom. Repetimos. No jantar comemos camarões e lagostins na grelha. Além da mesma entrada: pa amb tomàquet e jamón Serrano e de sobremesa um prato típico, sugestão de um dos garçons: Mel i Mató, um queijo cremoso (a consistência se assemelha ao cottage) com mel e pinólis. Simples, mas maravilhoso!

O La Llesca fica literalmente a dois minutos da Sagrada Família, então não deixe de ir a esse simpático lugar!

La Pepita (Còrsega, 343)

Outro restaurante imperdível! Mas faça reserva. Ele é muito pequenino e disputadíssimo.

Ir a Barcelona e não comer tapas seria uma blasfêmia. E já que tínhamos de fazê-lo que fizéssemos em um excelente lugar.

O ambiente é o máximo, muito pequenino, aconchegante, tumultuado, barulhento, cheiroso, é uma loucura! Amei.

As tapas divinas, muitas opções. Ótimas opções de vinho também, e nada demasiado caro. Vale super a pena!

Não deixe de pedir as batatas bravas. O nome não é muito promissor, mas o sabor e texturas divinas. Uma delícia! O tartar não era bom, mas o que esperar de um prato típico francês em um tapa espanhol? 🙂

Amei o recadinho do espelho do banheiro! 🙂 Não é um charme?!

Gut (Perill, 13)

Mais um restaurante com excelente avaliação. Ambiente clean, cardápio especializado em produtos orgânicos e pratos vegetarianos. Uma ótima pedida. Para os famintos os pratos são um pouco pequenos.

Recebemos umas torradinhas como starter, uma delícia. Pedimos gyosa como entrada, eu comi camarões com alcachofra e o Dú um curry de camarões. Tudo muito saboroso e bem preparado. E como acompanhamento um Kamut, um grão (acho que é trigo), com ervilhas, muito bom também. Almocinho light e delicioso.

No geral, amamos a viagem. No quesito gastronomia, um prato cheio para os que gostam de comer e beber bem! E nem é preciso gastar horrores para isso. Claro que se você tiver a oportunidade, restaurantes mais sofisticados não faltam! 😀

Cafe Herberg De Mispelhoef – Eindhoven

Era um sábado, dia 17 de julho, verão na Europa, mas os dias têm se apresentado cinza, com muita instabilidade e por consequência muita chuva! Mas esse foi um sábado diferente, finalmente! Resolvemos sair para jantar e fomos ao Cafe Herberg De Mispelhoef, um restaurante mais afastado e perfeito para dias de Sol e céu azul.

O páteo externo é uma delícia. Muito verde, pássaros, cachorros, pavões, macieiras… uma delícia! O cardápio é tradicionalmente holandês, ou seja, você vai encontrar comidas simples, de não muita sofisticação, todos os pratos acompanham salada e as tradicionais batatas fritas com maionese e você ainda conta com boa cerveja: La Trappe.

Eu pedi um schnitzel e o Dú uma massa com salmão, mas acabamos trocando, já que a massa além do salmão vinha com frutos do mar (ou monstrinhos, como o Dú se refere a eles – não preciso explicar porque trocamos os pratos, certo?). Não pense que fiquei triste com a troca não. 🙂

As tradicionais batatas fritas nunca faltam. Geralmente elas são diabolicamente deliciosas, irresistíveis! E a maionese, em sua maioria, é caseira e igualmente divina.

Os dois pavões ficam caminhando por entre as mesas tranquilamente. Chegam ao seu lado como quem não quer nada e se você lhes der um pedacinho de pão, aí sim terá a sua companhia garantida. 😀

Um restaurante muito agradável para dias abertos e de Sol, com comida simples e preços bem amigáveis.

Serviço:
Cafe Herberg de Mispelhoef
Oirschotsedijk 9 – Eindhoven
Tel. 040 262 41 28
http://www.demispelhoef.nl
=> Jantar para duas pessoas com bebida = €37,00

d’Oliveira – Restaurante Português em Valkenswaard

Minha expectativa era comer alheiras de entrada e sardinhas como prato principal. Entrei salivando no restaurante só imaginando, mas… Qual não foi a nossa surpresa logo que entramos no restaurante.

Do lado de fora parece um restaurante tradicional, nada sofisticado. Já do lado de dentro um salão lindo, luzes indiretas, mesas e cadeiras imponentes, decoração, tudo de muito bom gosto. Felizmente demos uma olhada no cardápio e os preços não eram abusivos (de alguns pratos ao menos).

O cardápio seguia a mesma sofisticação do salão. Pratos bem elaborados e muito saborosos. Para começar um belo porto branco e antepastos deliciosos. Os pratos: Divinos.

Mesmo não satisfazendo o meu desejo inicial saí muito satisfeita com o que comi. 🙂

Sem dúvida esse é um restaurantes que voltaremos. 😛

Serviço:
d’Oliveira restaurant
Frans van Beststraat, 11 – Valkenswaard
Tel. 040 2021226
http://www.restaurantdoliveira.nl
=> Jantar para duas pessoas com bebida = €54,00