Tag Archive | felicidade

Londres, aqui estamos nós!

Viagem de trem mais que tranquila e confortável. Chegamos em Londres às 15h00 e à nossa espera na estação estavam minha amiga-irmã Maricota e sua filhota Isa, que é a coisinha mais gostosa desse mundo.

Depois de um longo e mais que aconchegante abraço, fizemos um lanchinho, ali mesmo na estação e partimos para uma pequena maratona em um dia atípico de muito Sol em Londres.

Duas malas e um carrinho de criança… Metrô, caminhada até a casa onde nos hopedamos, deixamos as tralhas lá e… Supermercado, mercado Português, ônibus e mais uma caminhadinha cheios de sacolas mais o carrinho da Isa mais muito Sol. 😉

Chegamos na casa da Mari. Que delícia! Um ambiente muito gostoso, vibração mega boa e uma menina linda correndo pela casa e nos mostrando seus brinquedos.

Fizemos um lanchinho com pão, requeijão (grego, mas muito parecido com o do Brasil) e mortandela… Ai, que delícia! Dá para querer algo mais?… Mais brincadeira com a Isa… Uma boquinha e por fim um jantar bem gostosinho que a Maricota preparou para nós, com direito a vinho “fru… fru… como é mesmo Fê?”, “É frutado, Mari. Frutado! Hahahaha”.

Pegamos a busuca quando já passava das 23h00. Busuca vermelha de dois andares, logo subi e peguei os lugares da frente… Criança é assim mesmo! 😛

Que dia divino! Rever uma das pessoas que mais me dão alegria na vida, conhecer a filhinha desse ser maravilhoso, dividir horas divertidas e intensas, saber que elas fazem parte de uma família feliz… O que mais posso esperar da vida? 🙂

Anúncios

Há três anos…

Era um domingo ensolarado. Já estávamos limpando o nosso novo apartamento desde sexta-feira. Limpeza pesada, limpeza fina, recebimento de móveis, montagem, limpeza da louça e descobrindo como organizar nossas coisas nos novos armários…

Nossa parece que foi ontem!!!

No final do dia, voltamos para a casa dos nosso pais. Fizemos uma mala com roupa suficiente para uma semana. Estávamos radiantes e ao mesmo tempo inseguros. Nunca pensei que sentiria essa insegurança ao deixar a casa da minha mãe. Mas o novo nos traz esse sentimento que ao mesmo tempo é exitante e duvidoso!

Fizemos nossa primeira despesa. Nossa que delícia! Primeiro tinha preparado uma lista com tudo o que precisaríamos. Abri os armários da minha mãe para ver o que eu estava esquecendo… Fósforo, bicarbonato de sódio, noz-moscada, palito de dente, esponja para lavar louça… Coisas que eu só lembraria no dia que eu precisasse.

O fogão também tinha chegado, mas o técnico viria só no próximo sábado para trocar a saída do gás. Improvisamos a primeira semana com o microondas e o forninho elétrico. Dá para imaginar as gororobas? 😀

Nossas noites foram agitadas…. E não pelo motivo que vocês devem estar pensando :). O barulho da noite era novo, a luz, a cama, a rotina… Que rotina?

Uma delícia sair do trabalho e pegar o caminho errado… hahaha… Um dos dias peguei o caminho para a casa da minha mãe. Só depois percebi que eu tinha é que ir para a minha casa.

Agora que descrevo essa experiência, me lembro dos detalhes, dos cheiros, das atrapalhadas desse novo casal, mas também parece que já faz tanto tempo… Nesse meio tempo, arrumamos nossa casa, nos adaptamos e criamos a uma nova rotina, uma nova dinâmica familiar, nos conhecemos ainda mais… Empacotamos tudo e nos mudamos… Mais uma experiência intensa, que nos fez sentir radiantes e inseguros novamente: A Bélgica! Encaramos e vibramos cada dia com cada momento que estamos vivendo.

E daqui a pouco? Outra mudança! Para onde, quando e como? Ainda não sabemos, mas Deus nos preserva mais uma intensa experiência, que sem dúvida vai nos fazer sentir radiantes e inseguros… Só para variar um pouco! 😛

Hoje é dia de festa!!!!

É o aniversário do meu amor! 😀

E para essa pessoa linda, que faz a minha vida ainda mais vibrante, desejo tudo de mais especial que a vida puder lhe oferecer! Além de muito amor, é claro! 😛

Um bom dia mais que especial

Esse foi o delicado e inspirador sorriso de bom dia que recebi hoje pela manhã.

Os lírios do lindo arranjo de flores que ganhei do Reggie abriram para colorir e perfumar ainda mais a minha vida! 😛

Lindo Dia!

Aqui são 00h05 e acabo de receber uma ligação linda! Era a Paz, a minha amiga argentina, que não apenas pelo nome… Ela é linda por completo!
Meu aniversário já começou muito bem! Os amigos são as melhores dádivas que podemos e devemos desenvolver! 😛

Update: E como se não bastasse, 00h30 recebo uma linda mensagem da minha outra linda amiga, a Shereen! Eu sou mesmo uma pessoa muito abençoada. Obrigada Deus!

O sabor da simplicidade

Hum como as simples coisas da vida são boas…

  • Um beijo de bom dia!
  • Andar de mãos dadas!
  • Ficar ao lado de um amigo, um verdadeiro amigo!
  • Saber que você pode contar com ele!
  • Ligar para um amigo e ele dizer: “Não acredito! Estava pensando em você!”
  • Abrir um bom vinho, mesmo sem motivo especial para comemorar!

São tantas coisas…. Que apesar de simples, se deixarmos de prestar atenção nelas, a vida fica muito chata! E passamos a percorrer apenas as grandes conquistas, os grandes objetivos… Deixando de viver a verdadeira vida!

E embalada nessa simplicidade, jantamos um feijãozinho esperto, com arroz integral e um refogado de cebola, pimentão e cenoura ao vinho branco e molho teriyaki. Divino e simples! Nada programado, só usando as sobrinhas da geladeira! 😀

Uma tarde que valeu por muitas!

Ao sair da aula de inglês me encontrei com a Shereen e a Paz.

O dia estava lindo! Céu azul, Sol brilhando, 15 grau… uau! Fomos a um parques para uma “sessão” fotográfica com a Paz e a filhinha dela, a Camila.

Quase aproveitamos para fazer um pique-nique no próprio parque. O que tinha de gente sentada na grama comendo as famosas baguetes… 😉

Resolvemos ir para um restaurante bem despojado e muito agradável que fica em uma praça e com isso, quase todas as mesas ficam do lado de fora.

Ficamos lá por nada menos que 6 horas. Comemos um lanche, depois um chocolate quente, conversamos sobre tudo (política, gastronomia, religião, futilidades, futuro etc), acompanhamos a troca de clientes e até dos garçons… hehehe

Depois de alimentarmos a alma e o espírito, nos despedimos ainda com o céu claro em plena 19h00 da noite de um dia lindo!

A vida é bela!

Hoje encontrei por acaso a Shereen quando estava saindo da aula de inglês e indo para o supermercado. Conversamos um pouco e ela me convidou para um chá em seu apartamento.

Como de costume tivemos uma conversa super agradável, rica, reconfortante e muito, muito inspiradora.

Como se não bastasse, conversei virtualmente com dois amigos da turma da psicologia, os quais são mais que especiais! O Everton e a Carol. Meu Deus! Fazia tanto tempo que não tinha notícias deles e de repente, converso com os dois.

Meu coração se encheu de alegria ao saber das novidades de ambos. Pessoas muito queridas e que me inspiram pessoal, profissional e moralmente.

A vida é realmente muito bela! Nossos verdadeiros amigos nos enchem de alegria pelo simples fato de estarem bem, felizes e realizados.

Amo Vocês!!!!


Julie & Julia

Esta semana recebi a visita da minha amiga jordana, a Shereen. Para tudo na vida existem razões e, dentre tantas razões da nossa vinda para cá, conhecer a Shereen definitivamente é uma delas.

Uma pessoa doce, amável, inteligente, sensível e muito, muito querida. Foi fácil criarmos laços profundos e cada vez que estamos juntas nos divertimos e aprendemos muito, uma com a outra!

Bem, mas hoje enquanto trocávamos receitas e conversávamos ela comentou sobre o filme Julie & Julia.

Me indicou onde poderia assistir e lá fui eu. AMEI! É lindo, sensível e super temperado. Tudo o que eu poderia querer… ver a experiências de duas mulheres em diferentes épocas e que por diferentes motivos se dedicaram à culinária.

Mas o lado ruim dessa doce história é que só pude assistir metade do filme…. A outra metade “não estava mais disponível”. Isso que dá fazer “coisas desse tipo”….

Semana que vem passo na casa da Shereen para conversarmos e para pegar a outra parte do filme… hehehe

Mas amizade é isso, sem motivo, sem preferência, mas cheia de sabores diferentes e intensos! Delícia!