O que e onde comemos em Viena

E a comilança não tem fim… Já na estação de trem, ao chegarmos em Viena, verdes de fome, matamos uma pizza… 🙂

À noite rodamos o centro da cidade em busca de um restaurante. As opções não pareciam muito promissoras, mas aí passamos por uma ruazinha não muito iluminada e vimos um casal de meia idade entrando com toda segurança em um restaurante. Demos uma espiada pela janela e as mesas estavam cheias e muito animadas. Muita gente de meia idade e logo pensei, “esse povo (me refiro às pessoas de meia idade) normalmente gosta de comer bem e todos parecem se conhecer”… “Dú, vamos arriscar esse, acho que vai ser legal”… E foi. 😀

O restaurante é o Reinthaler’s Beisl (Dorotheergasse 4, Wien 1), ambiente simples e típico, salão para fumantes e não-fumantes, eba! Como estava cheio acabamos sentando no fumantes, mas gentilmente o garçom nos mudou para o não-fumantes assim que livrou uma mesa. 🙂 Dessa vez foi o Dú quem comeu o Wiener Schnitzel que estava di-vi-no e eu fui de Goulash também muito bom!!! Não podíamos ter escolhido restaurante melhor! 😀

No dia seguinte, já com as pernas cansadas e com muita fome almoçamos em um restaurante turco ma-ra-vi-lho-so, sem exageros. O restaurante é o Etap Restaurant. E os pratos estavam tão bons quanto o ambiente. O Dú comeu uma Kafta numa cama de pão turco, molho levemente apimentado e iogurte… Uma coisa de louco de tanto sabor! E eu comi um mini raviole recheado com carne de cordeiro ao molho de iogurte, igualmente saboroso. 😛

No jantar fomos ao Vapiano, uma rede de restaurantes italiana muito bacana. O ambiente é moderno e com balcões altos. Você escolhe o que quer comer (massas, pizzas, saladas etc) e retira o que quer nas ilhas onde preparam cada especialidade. Eu diria que é um fastfood mais estilizado :-). O Dú comeu uma pizza bem feitinha e eu um carpaccio com um molho de maionese… Que depressão. Depois de muito esforço tentando tirar todo o excesso de maionese temperei com azeite, sal e limão siciliano e deu para o gasto :-(. O Dú ainda arriscou o tiramisù, mas era mais um creminho gostoso de mascarpone que um tiramisù de verdade… A identidade Italiana se perdeu em algum lugar!

Em nosso último dia em Viena estávamos a caminho do Belvedere com muita fome. Não tínhamos muitas opções de restaurante, mas nos deparamos com um Italiano com um menu de preço camarada. Entramos e ficamos de boca aberta com o ambiente e atendimento. Quando os pratos chegaram não tivemos dúvida: Somos sortudos mesmo! 🙂 O Dú comeu um raviole de ricota e espinafre ao molho de queijos e eu um gnocchi verde com recheio de queijo ao molho de mascarpone e açafrão. Por Deus, o que era aquilo? Não satisfeitos, pedimos um tiramisù… Sem comentários! Ah! O restaurante é o Diverso (Mommsengasse 2, 1040 Wien).

Para fechar nossa estada em Viena com chave-de-ouro, fomos beliscar no Cafe Central, considerado um dos maiores e mais antigos cafés de Viena. O site diz que o Cafe foi casa de grandes poetas, filósofos e líderes dentre tantos nomes encontra-se o do “Tio Freud” :-D, que emoção. O Cafe é realmente muito grande e agradável. O teto é abobadado e muito lindo! Bem no centro do salão um piano de calda-longa traz ainda mais charme ao ambiente, especialmente pela graça do senhor que o toca. Depois do exagero de almoço que tivemos, só beliscamos. O Dú escolheu um croquete de carne de javali e eu um caldo de abóbora com sementes crocantes de abóbora e azeite de tangerina. Um luxo! O Dú foi namorar a linda vitrine de doces e voltou com esse aí ó! 😀

Anúncios

Tags:, , , , ,

About Fernanda Relvas

Esposa, filha, irmã, tia, amiga, psicóloga, amante de tudo o que provoca questionamento, que promova o desenvolvimento e o crescimento. Curiosa, emburrada, crítica, teimosa, mas boa amiga e companheira!

One response to “O que e onde comemos em Viena”

  1. Luciana Taniguti says :

    Queridos, acho que vcs poderiam fazer um daqueles programas de turismo que falam sobre mega blaster dicas ultra úteis e simpáticas e sobre circuitos gastronômicos. Meu Deus! Quanta riqueza de sabores, aromas, imagens deliciosas (vamos esquecer as experiências não tão agradáveis 🙂 ).

    Espero que estejam bem, aprendendo e se amando cada vez mais.

    Bjs com saudades, Lu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: