Afinal, quem tem as melhores cervejas?

Já sei que este será um post polêmico; já vi gente defendendo apaixonadamente as cervejas alemãs, outros as cervejas belgas e correndo por fora estão as cervejas holandesas, inglesas e tchecas. Agora que visitamos os cinco países, acho que posso tentar ser um pouco objetivo em relação a este assunto. No final deixarei a neutralidade de lado e vou indicar minhas preferidas.

Berliner Kindl, uma das muitas boas pilsen alemãs

Mas antes de mais nada, esta é uma avaliação um pouco injusta. Afinal, depois de 1 ano na Bélgica tive a chance de experimentar muito mais cervejas belgas do que alemãs, tchecas ou inglesas. E só visitamos Amsterdam, Londres, Berlin e Praga, onde todos os restaurantes têm uma lista mais ou menos igual (e curta!), o que nos tira a chance de provar cervejas mais locais, ou de produtores menores. Mas esta é uma verdade relativa, porque mesmo em Bruxelas você vai achar uma variedade enorme de cervejas em muitos restaurantes.

A cerveja, em comemoração aos 10 anos do Tate Modern, era boa, mas a vista era melhor

E comparar estas cervejas é meio como querer comparar maçãs, bananas e peras. As cervejas alemãs e tchecas são mais ou menos homogêneas – muitas pilsen, leves, teor alcoólico moderado e no geral saborosas. As inglesas são mais encorpadas, apresentam maior variedade e algumas são mais alcoólicas. As belgas tem uma variedade absurda – mesmo dentro de uma mesma “categoria”, como as trapistas ou as de abadia, você vai encontrar muita diversidade de sabor, teor alcoólico e corpo. Quando você acha as boas cervejas holandesas elas se parecem um pouco com as belgas – e é holandesa uma das melhores que já tomei, a La Trappe Quadrupel.

Bernard, a cerveja tcheca que mais gostamos (aqui a clara, mas também experimentamos a escura)

E tem algumas leis malucas definindo o que é cerveja… Especialmente na Alemanha, há uma lista sem fim de critérios que tem que ser atendidos para chamar uma cerveja de cerveja e isto é usado tanto para marketing como para barrar as cervejas de outros países.  Enquanto isso, na Bélgica eles estão produzindo cerveja usando receitas e métodos que existem há séculos ao mesmo tempo em que experimentam novas receitas, métodos e processos. Estava lendo um post no blog Cycling Beer beercycling em que o autor dizia que qualquer forma de produzir cerveja que você possa imaginar provavelmente já foi experimentada por um belga 😀 E deve ser verdade mesmo, porque uma das minhas colegas belgas estava me contado que uma pequena cervejaria próxima de onde ela mora resolveu produzir um pequeno lote de cervejas usando o mesmo método usado para produzir champanhe – e ela teve a sorte de conseguir comprar uma garrafa (caríssima, aliás) para experimentar.

Os tchecos também tem sua cerveja de abadia, mas o gosto era algo estranho e nem acabamos com esta garrafinha…

Talvez esta seja uma diferença importante – cerveja na Bélgica é uma experiência, dos diferentes sabores, aromas e texturas. Na Alemanha você irá beber boa cerveja – mas todas meio parecidas e em grandes quantidades (alguns guias indicam onde você encontra uma “legítima” caneca de 1 litro, pode?). A República Tcheca e a Inglaterra vão numa balada parecida, enquanto a Holanda fica num meio termo – você verá muita gente bebendo Amstel mas, se procurar, vai encontrar cervejas muito mais interessantes.

Rochefort e Leuvense Tripel, duas das melhores belgas que experimentamos

Pessoalmente, prefiro a chance de experimentar a variedade das cervejas belgas. Tanto que foi impossível definir uma favorita; eu tenho uma lista e escolho de acordo com a minha vontade no dia. Em seguida vêm as holandesas, por uma La Trappe de vantagem e depois delas as inglesas, graças à Guinness, porters e red ales. Em penúltimo estão as tchecas, porque foram eles que aprimoraram a pilsen e tem uma das melhores, a Pilsner Urquell (esta vale muito a pena experimentar). Por fim, as alemãs. Afinal, se uma das melhores que tem a mostrar é a Erdinger, elas não podiam estar em primeiro, certo? E olha que eu gosto bastante da Erdinger 😛

Anúncios

Tags:, , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: