As primeiras impressões de Beijing

Logo que deixamos o aeroporto rumo ao hotel pensei que havia chegado em São Paulo. Muito cinza, muito carro pela rua, muito prédio grande em construção, mas logo notei algo que não é tão típico: a freqüência com que as buzinas são usadas… Meu Deus! Como é que eles aguentam ouvir tão repetidamente esse barulho ensurdecedor?

Depois de mais 30 minutos pelas ruas de Beijing analisando a dinânica do tráfego percebi o porque de tantas buzinas: eles não usam setas, viram para qualquer lado a qualquer hora, muita bicicleta, muita e-bike (bicicleta elétrica), muito riquixá e muito pedestre, todos competindo pelo mesmo espaço sem nenhuma regra ou lógica.

Mesmo quando o farol fecha os carros continuam passando e se alguém para é buzinada na certa! 😀

Não demorou nada para perceber que pedestre não tem vez, e não tem vez mesmo. Ou você fica bem esperto ou muitas buzinadas vão rolar! E não adiantar reclamar: “Mas o farol está verde para mim e eu estou atravessando a rua na faixa de pedestre!” Mesmo porque eles não entendem o seu idioma. 😛

Nosso hotel é bem no centro, bem no segundo ring. O rapaz que nos pegou no aeroporto é super atencioso e fala bem pouquinho inglês, mas deu para nos entender… Com muuita dificuldade, é verdade! 🙂 Ele fez as vezes no hotel, porque lá, uma das moças até tentava, mas mesmo com muito esforço não rolou entendimento algum.

Depois de muita conversa nos encaminharam para o nosso quarto… Ui! Ok, estamos na China e acho que é melhor baixarmos o nível de expectativa para não rolar muuuito estresse. E depois de tantas horas de vôo queríamos mesmo era um banho.

Depois de um bom banho e roupas limpas, saímos para caminhar um pouco para descobrir onde era o metro e ver o que tinha por perto. Achamos uma Seven Eleven, que salvou nossos cafés-da-manhã, e um café bem gostosinho, onde tomamos um Ice Coffee e um muito bem preparado Long Island Ice Tea.

E voltamos para o hotel porque tínhamos entendido que o rapaz que nos pegou no aeroporto passaria às 19hs para jantarmos juntos. 19hs em ponto batem na nossa porta com duas sacolas com muita comida… As trapalhadas da comunicação… hehehe

Comemos menos da metade e lá fui eu tentar explicar para a mocinha esforçada que não iríamos mais comer e que eles poderiam ficar com a comida. Depois de, sem brincadeira, 25 minutos de muita mímica as meninas ficaram muito contentes e agradeceram muito: Xie xie, obrigado em Chinês. 🙂

Fim de um longo dia com uma noite muito bem dormida! 🙂

Um Ice Coffee para recarregar as pilhas

Dú tomando um bem preparado Long Island Iced Tea enquanto estudava o mapa de Beijing

Adorei a latinha da Coca-Cola com o logo adaptado

Jantar surpresa

Um pouco da dinâmica do trânsito de Beijing

Dá para ter uma noção agora?

Anúncios

Tags:, , , , , ,

About Fernanda Relvas

Esposa, filha, irmã, tia, amiga, psicóloga, amante de tudo o que provoca questionamento, que promova o desenvolvimento e o crescimento. Curiosa, emburrada, crítica, teimosa, mas boa amiga e companheira!

One response to “As primeiras impressões de Beijing”

  1. Fernanda says :

    Por deus! Eu que achei que Bogotá era caótico…Rs..Brincadeiras a parte tenho duas amigas que ja moraram ai e sei bem do que tá falando! Mas a experiencia é otima! Beijos e aproveite!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: