Archive | outubro 2009

Coisas estranhas

Coisas estranhas, pelo menos aos olhos de dois brasileiros.

The_Persistence_of_Memory_DaliOntem acabou o horário de verão aqui na Bélgica e, dessa forma, nosso relógio foi atrasado em uma hora à partir das 3h00… isso mesmo, três horas da manhã do domingo… 😉

É, nós também nos fizemos a mesma pergunta: Três horas da manhã? Como assim?

Aqui é assim! 😉

Pois, bem com o início do horário de verão no Brasil e o término dele aqui, nossa diferença de horário agora é de apenas três horinhas.

Anúncios

Delícias gastronômicas!

Com nada menos de 178 restaurantes e 241 bares em Leuven, fica bem difícil escolher um lugar para almoçar ou jantar.

Nesses dois meses aqui só repetimos duas vezes o restaurante… adoramos experimentar sabores novos. É verdade que existe um risco, mas preferimos correr esse risco à limitar nosso paladar! E para falar a verdade, foram raras as vezes que tivemos surpresas desagradáveis.

Ontem saímos para jantar e de novo a pergunta: Aonde vamos hoje? Estávamos em dúvida entre dois restaurantes, um indiano e outro mexicano, mas acabamos optando por um terceiro… bem diferente!

Sempre que passávamos em frente a esse restaurante, seja no almoço ou no jantar, ele estava cheio e dessa vez resolvemos experimentar. O nome do restaurante é Toeareg, é um restaurante marroquino e o que ele promete, ele cumpre:

Would you like to enjoy a nice diner in an enticing environment? Do you fancy spices and exotics in a romantic atmosphere? Then Toeareg is the place to be. Tasteful Morrocan food with an excellent balance of quality and price. Relax and unwind…

O Dú pediu um Couscous com Kafta, que estava divino, e eu pedi um Tajine… nunca tinha comido antes, mas o garçom explicou que é um dos pratos típicos do Marrocos e resolvi experimentar. Estava igualmente divino!

Couscous_Tajine

Tajine é um cozido de legumes com frango em um molho bem temperado com especiarias, um pouco picante. Cozinham tudo em uma “tigela” de barro (bem bonita aliás) e durante o cozimento utilizam uma “tampa” em forma de cone, também de barro, com uma abertura na parte superior. Só retiram o cone na mesa, dá um gostinho ainda mais diferente ao prato.

Definitivamente esse é um dos melhores restaurante que fomos… delícia!

Sofá cama que nada…

Uma querida amiga vem nos visitar. Ficamos muito feliz com a notícia, mas aí veio o desconforto: onde ela vai dormir? No sofá?

Pensamos em comprar um sofá cama, mas um novo é bem caro e na second hand nunca tem… deve chegar e logo sair, mesmo porque essa loja aqui é sem fins lucrativos e as coisas são bem, bem baratinhas!

Mas a Thaís deu uma idéia muito boa… de comprarmos um colchão inflável! Como não tínhamos pensado nisso antes?

Pois bem, muquinha que sou pesquisei na internet, rodei as lojas aqui do centro, e, como nada é por acaso, recebemos uns encartes de promoções de um monte de lojas e uma delas era de material de construção e tinham dois colchões em promoção.

Ontem logo que voltei da aula de inglês, fui até a loja… um sufoco. São quase três quilometros daqui de casa, mas achei que de bike ia ser moleza… engano o meu… Acho que 1/3 do caminho era uma subida, não muito íngrime é verdade, mas com uma bicicleta que só tem uma marcha funcionando, e claro, a que funciona é a mais pesada… foi um pouco difícil! Mas tudo bem, tenho que fazer exercício… hehehe

Cheguei lá suada e olha que estava só 13graus e um ventinho bem gelado! É uma loja gigante, perguntei pelo colchão e o rapaz me mostrou onde estavam, mas o de 10,00 euros (que era o que eu iria comprar) não tinha a bomba acoplada :-(. Já pensou encher um troço desse na mão?

Vi outros colchões, muito mais caros, e também as bombas separadas. A bomba mais barata era manual, mas ficaríamos a noite inteira para encher um colchão daquele tamanho… hehehe… e a bomba automática era 25,00 euros, então decidi comprar o outro colchão que estava em promoção… esse foi mais caro 39,95 euros… mas comparando as opções (que tinham na loja e as que eu já tinha achado em outros lugares) acho que foi a melhor escolha.

Ele é maior que o outro (163x208cm o outro era 137x191x22cm), é duplo, ou seja, 47cm de altura e vem com a bomba automática acoplada. Tudo de bom! Na caixa diz que em 4 minutos ele está cheio…. e não é que é verdade mesmo?

conchao

Mas a história não acaba aí, não! Bem, como esse é bem maior, o peso também o é! Acho que deve ter uns 10 quilos ou um pouco mais… peguei a caixa e rumei à minha super bike… saquei minha super cordinha e minha super sacolona da Ikea (pau-para-toda-obra) da mochila e estudei por uns minutinhos como amarrar a caixa na garupa… foi uma gambiarra só, mas no fim funcionou. 😉 Aí é que percebemos como somos criativos… hahaha

Como na ida foi subida, na volta foi descida… ufa! Fui devagarzinho, pois a cada saculejada a caixa se mexia e eu tinha que dar uma arrumadinha… enfim cheguei em casa com o super colchão.

Acabamos de enchê-lo! É melhor testar, né? Ver se está funcionando direitinho e se não murcha no meio do caminho… Ele é bem gostoso…. não é um colchão de verdade, mas vai quebrar o galho em grande estilo!

Agora já sabem temos um colchão para receber visitas 😉

Levei uma bronca da polícia!

Gente foi tão divertido!!!! Estava eu voltando do mercado com a mochila super pesada e mais uma sacola pendurada no guidão da bike… bela e fresca (mesmo porque tá um frio louco por aqui) eu guiava minha bike pela rua comercial, que é só para pedestre, não pode passar carros. De repente ouço um “Hallo!” bem alto… logo em seguida outro: “Hallo!” Nossa, me virei para ver o que estava acontecendo, e não é que era comigo!

Parei a bike e a policial veio na minha direção falando sei lá o que em holandês, e falando alto pacas. Pedi desculpas e perguntei o que estava fazendo de errado e ela logo respondeu: “Aqui você não pode andar de bicicleta! VOCÊ TEM QUE VER AS PLACAS! VEJA AS PLACAS!”

Putz! Eu só pedi desculpas de novo e me segurei, porque me deu muita vontade de rir…

Logo que olho para frente vejo um rapaz, também de bike e novamente um outro “Hallo!”… isso chega a doer o ouvido…. a mulher deve fazer muito exercício para a voz, ou ela chega em casa rouca! 😉

O pior de tudo é que sempre tem um monte de gente andando de bicicleta nessa rua… ai eu andava também! hehehe

Conforme eu ia andando e empurrando a bike eu ouvia de longe o “Hallo!”… hehehe

O verdadeiro significado da distância!

Antes de nos mudarmos para a Bélgica, eu tinha a impressão de que a distância das pessoas queridas seria o ponto mais difícil nesse processo de mudança. Mas para a minha surpresa, estou mais próxima… tenho mais contato agora do que quando morávamos no Brasil.

É engraçado como as coisas são… acho que por ter a certeza de que a qualquer momento eu poderia ligar ou ir até a casa da minha mãe, dos meus sogros, ver meus irmãos e sobrinhos, talvez eu não me esforçasse tanto em fazê-lo. Mas daqui tenho muito mais contato com cada um deles do que eu costumava ter.

NathSexta foi aniversário da minha sobrinha, a Nath, e na verdade eu é que ganhei um presentão. Ficamos conversando pelo Skype por mais de 1h30… foi uma conversa muuuito gostosa, além de ser engraçada, pois nos víamos, ela me ouvia, mas eu não a ouvia, então ela escrevia suas mensagens… rimos muito juntas! Foi um momento muito especial!

Sinto que participo mais da vidas deles agora e que também dou mais abertura para eles participarem mais da minha vida também!

Não posso imaginar como era viver longe no passado, sem as maravilhas da tecnologia! 😉

Girassóis!

Girassois_Van_Gogh

Se tem uma flor que eu amo são os girassóis!

Tenho uma clara lembrança (uma das poucas da minha infância) das minhas aulas de educação artística. Minha professora era mágica. Ela levava livros de arte, contava a história dos grandes pintores e a cada aula nos pedia para reproduzir uma famosa obra de arte.

Foi em uma de suas aulas que nasceu a minha fascinação pelos Girassóis de Van Gogh… E pela arte dele como um todo, é claro!

UntitledEm nossa sala no Brasil eu tinha uma das versões dos Girassóis, a qual ganhei de aniversário do Dú. E essa semana ganhei um arranjo MARAVILHOSO do meu marido MARAVILHOSO!

São lindos!!!! AMO, AMO e AMO! Meu marido e os girassóis! 😉

Top 10!

ranking_economistHoje recebemos uma notícia muito legal: o MBA full time da Vlerick apareceu na décima posição do ranking mundial da Economist. Na Europa apenas o IESE, o IMD e a London Business School estão melhor colocados (e pesos-pesadíssimos como Cambridge, Instituto de Empresa, MIT, Columbia, Insead e Yale aparecem depois da Vlerick).

É claro que estes rankings tem que ser vistos com algum cuidado, mas não deixa de ser um bom sinal o progresso da escola nos últimos anos, especialmente considerando que sua internacionalização é muito mais recente do que a das escolas que mencionei. E é muito fácil reconher que eles estão fazendo um ótimo trabalho, sabendo alavancar os pontos fortes da escola e dos alunos.

Agora temos que trabalhar ainda mais para – no mínimo – manter a Vlerick nesta posição!

Questionando minhas atitudes!

Hoje é o Blog Action Day 2009:

um evento anual que une blogueiros de todo o mundo postando mensagens sobre o mesmo assunto num mesmo dia nos seus próprios blogs, com o objetivo de provocar uma discussão em torno de uma questão de importância global. O Blog Action Day 2009 será o maior evento da história de mudanças sociais na web. Um dia. Uma causa. Milhares de vozes.

Bom, eu não quis ficar de fora. Pensei muito sobre o que escrever. Fuxiquei alguns blogs para me inspirar e decidi divulgar dois dos textos que li:

Um é o da Miriam Leitão, uma comentarista econômica da CBN que eu adoro: Cansados das velhas lutas? A maior batalha começa agora!

E o outro é de uma colega psicógola que trouxe uma abordagem comportamental (comportamental é uma das tantas linhas teóricas da psicologia, como psicanálise, fenomenologia e outras) para o tema: “O que está errado com a vida cotidiana?”

Pensei ainda em escrever mais alguma coisa, mas preferi apenas me fazer algumas perguntas. Afinal de contas, conhecimento e informação não nos faltam, mas e quanto a nossa atitude?

  • Preciso mesmo de uma peça de roupa nova?
  • E de um sapato novo? (perguntas próprias para a mulherada, hehehe)
  • É realmente necessário trocar de aparelho telefônico? (essa é para os homens ;-))
  • Que destino dar ao aparelho antigo?
  • Estou fazendo coleta seletiva na minha casa?
  • O que mais eu poderia reciclar nesse armário tão cheio de coisa que nunca uso?
  • Por que tanta dependência do carro? Para dele para tudo? (Aqui em Leuven, essa foi bem mais fácil de colocar em prática)
  • Que tal brincar de inventar brinquedo/brincadeira ao invés de comprar brinquedos novos?
  • Preciso realmente imprimir esse texto?
  • Já que imprimir e agora não vou mais usá-lo, por que não fazê-lo de rascunho?

E você, que perguntas você normalmente se faz?

Blog Action Day 2009

Descobri apenas hoje… mas ainda é tempo.

Ajude a divulgar!!! E aos blogueiros de plantão: vamos aderir?

O que você deu de presente nesse dia das crianças?

Acho que estou em um momento introspectivo… vocês já devem ter percebido pelos últimos posts

Pois bem, ontem assisti um pedaço de um vídeo que fala sobre a criança e o consumo… e fiquei chocada. E olha que eu ainda nem acabei de assistir o vídeo todo. E como não acredito em acasos, hoje li os “10 passos para que seus filhos se tornem bons leitores”.

 

PassaportteBrincarDeLer_Ziraldo

Adorei!

Estou compartilhando com vocês, porque sinceramente falamos muito em qualidade do tempo que temos com as crianças, e não me refiro apenas aos filhos. Eu por exemplo só tenho sobrinhos, mas sei que podemos influenciar, e muito, essa meninada! E por que não, melhorar a qualidade do nosso tempo com os pequenos através da leitura?

Aproveito para perguntar: Quem de vocês deu como presente de dia das crianças um livro?

Pois é, tenho medo da resposta!

Enjoy it!

Para quem quiser ter mais insights vejam o blog do Ziraldo… http://ziraldo.blogtv.uol.com.br/